Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks lançam Fundação de Green Software

 

Lisboa, 09 de junho de 2021: Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks fundaram e lançaram a Green Software Foundation, uma organização sem fins lucrativos, constituída em parceria com a Linux Foundation e a Joint Development Foundation Projects LLC, e que visa construir um ecossistema confiável de pessoas, padrões, ferramentas e melhores práticas para o desenvolvimento de green software.

A Green Software Foundation foi criada a partir de um desejo e necessidade mútuos de colaboração na indústria de software. As organizações que partilham o mesmo compromisso com a sustentabilidade e o interesse no desenvolvimento de green software são incentivadas a juntar- se à fundação. Juntos, ajudarão a expandir a área da engenharia de green software, criar padrões para toda a indústria e trabalhar em conjunto para reduzir as emissões de carbono do software. A fundação visa ajudar a indústria de software a atingir as metas mais amplas do setor de tecnologia de informação e comunicação para a redução das emissões de gases de efeito estufa em 45% até 2030, em linha com o Acordo Climático de Paris.

Os data centers são responsáveis pelo consumo de 1% da eletricidade global e estima-se que na próxima década este valor suba para de 3 a 8%, algo que torna o desenvolvimento de green software uma prioridade ainda mais importante.

Paul Daugherty, group chief executive de Technology e chief technology officer da Accenture, afirma que “a sustentabilidade é nossa maior responsabilidade e esta é a década em que as organizações devem cumprir as suas promessas de melhorar as nossas comunidades e o nosso planeta. A Accenture orgulha-se de ser um membro fundador da Green Software Foundation e estamos entusiasmados por colaborar com outras organizações e por desenvolver a cultura da engenharia de software, para que a sustentabilidade seja incluída estruturalmente, contribuindo para uma redução significativa das emissões de carbono na área da informática, gerando um impacto positivo no meio ambiente.

Erica Brescia, chief operating officer, GitHub, prevê “um futuro onde o software livre de carbono seja o padrão – onde o desenvolvimento, implementação e uso de software contribuem para a solução climática global sem que cada developer precise de ser um especialista em ambiente. A GitHub tem orgulho em ser membro fundador da Green Software Foundation e continuamos comprometidos em construir um espaço ambientalmente sustentável para todos os developers.

Mike Dolan, general manager e senior vice president, da Linux Foundation, afirma que “a indústria de software e a comunidade de software open source têm a oportunidade e a capacidade de construir uma infraestrutura digital que tenha o menor impacto possível no nosso meio ambiente. Estamos felizes por apoiar a Green Software Foundation na sua missão de construir um ecossistema neutro, para a colaboração no desenvolvimento de padrões, ferramentas e melhores práticas para green software.

Brad Smith, presidente da Microsoft, diz que “o consenso científico é claro: o mundo enfrenta um problema urgente de emissões de carbono. Será necessário que todos nós trabalhemos juntos para criar soluções inovadoras que reduzam drasticamente as emissões. Hoje, a Microsoft juntou-se a organizações que levam a sério a ideia de um futuro ambientalmente sustentável, que impulsione a adoção do desenvolvimento de green software, para, assim, todos ajudarmos os nossos clientes e parceiros por todo o mundo a reduzirem a sua pegada de carbono.

Guo Xiao, presidente e CEO da ThoughtWorks, indica que “a mudança climática é um dos desafios mais urgentes enfrentados pela humanidade, e o setor de tecnologia contribui com uma quantidade cada vez maior de emissões. Na ThoughtWorks acreditamos que questões como a mudança climática só podem ser resolvidas através de plataformas de solidariedade global. Desta forma, para além de tomarmos medidas relativamente à nossa pegada, refletidas no nosso compromisso com a Science Based Target Initiative, estamos, também, a juntar-nos à Green Software Foundation, como membros fundadores, para ajudarmos os nossos clientes, parceiros e toda a indústria, a encontrarem em conjunto um futuro mais sustentável.

A Green Software Foundation centrar-se-á em três áreas principais:
 
  • Estabelecer padrões para a indústria de green software: Criar e publicar normas de green software, padrões e práticas verdes em várias áreas da informática e domínios de tecnologia. O grupo vai incentivar a adoção voluntária e ajudar a orientar a política governamental em direção a esses padrões, com o objetivo de uma abordagem consistente que meça e relate as emissões de green software.
  • Acelerar a inovação: Incentivar a criação de projetos fiáveis ​​de open-source e de open-data que apoiem a criação de aplicações de green software. A fundação trabalhará com parceiros académicos e organizações sem fins lucrativos, para que, juntos, apoiem a investigação nesta área.
  • Promover a consciencialização e defenda o ativismo: Incentivar a adoção generalizada de green software em toda a indústria, através de programas de embaixadores, formação e educação que levem à certificação, e promova eventos que facilitem o crescimento do green software.
Ao lado dos membros fundadores, Accenture, GitHub, Microsoft e ThoughtWorks, Goldman Sachs e organizações sem fins lucrativos, incluindo Leaders for Climate Action, a Watt Time e a The Green Web Foundation, também se juntaram à Green Software Foundation.


Contacto:
Alexandre Vieira
alexandre.a.vieira@accenture.com